Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Halloween

Compartilhe:
76756946_10206604068138560_3332764922273595392_n

Halloween – Em nossa cultura temos muitas festas pagãs e fica sempre um questionamento: “Posso festejar essa ou aquela”? Como se não bastasse chega mais uma, essa por sua vez, importada, e, que sorrateiramente vai entrando em terras e mentes dos novos brasileiros – crianças desavisadas e encantadas com a fantasia.
E a mesma pergunta feita para as festas pagãs brasileiras, surge na mente dos pais: “Posso deixar meus filhos participar do Halloween”?

Precisamos ser mais autênticos. Por que importar algo que não faz parte de nossa cultura, ou de nossa história de vida?

O Halloween é uma herança dos celtas que celebrava o rei dos mortos nessa ocasião. As abóboras com velas acesas tiveram seu início com a lenda do Jack O’Lantern que, segundo a lenda, a alma desse homem não foi aceita nem no céu nem no inferno e por isso andava a vaguear na Terra iluminando as noites com um nabo.

Nos Estados Unidos o dia se mistura com a festa da colheita das abóboras. Com o passar dos anos, as pessoas passaram a decorar essas abóboras com velas em seu interior como instrumentos para espantar o mal.

Nós temos um Deus, o Todo Poderoso, que nos levanta em dias de dificuldade e nos ajuda mantendo nossa cabeça erguida e nossas emoções fortalecidas.

Não precisamos colocar nenhum tipo de objeto macabro na porta de nossas casas, pois elas já estão protegidas pelo Cordeiro de Deus.

Podemos usar as abóboras para o alimento, pois elas não têm outro poder.

Após este dia vem o “Dia de Todos os Santos” e logo em seguida o “Dia dos Mortos”.

Nenhum deles precisa ser comemorado por nós. Temos conosco o Espírito Santo que é maior e mais poderoso que todos os santos e nossos mortos se encontram com o Senhor, em sua morada eterna. Podemos desfrutar desse dia como um feriado alegre com nossa família viva. “Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles” (Pv 22:6).

Noeme Torres

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

SOU LUZ

Disse mais: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os preservados de Israel; também te dei para luz para os povos, para seres a minha salvação até à extremidade da terra. Isaías 49:6

RSS Guia-me

  • “Desejo ver todas as pessoas adorando a Deus juntas”, diz Jamie Foxx
    Jamie Foxx, que estrela o novo filme "Just Mercy", diz que quer ver o cristianismo unir as pessoas em vez de dividi-las. Sua "visão", disse ele, é ver pessoas de todas as raças adorando a Deus juntas sob o mesmo teto. Em recente entrevista, o ator conta que crescer no Texas, frequentar a igreja aos […]
  • 7 receitas caseiras para o tratamento da pele
    Uma rotina diária de cuidados com a pele, feita com produtos desenvolvidos especialmente para o seu tipo de pele e com o acompanhamento de um/a dermatologista, é essencial para garantir tanto a saúde quanto a beleza cutâneas. Paralelamente, você pode dar uma forcinha ao tratamento cotidiano com misturas caseiras à base de produtos naturais. O […]
  • Nhoque de ricota com raspas de limão e molho de tomate
    INGREDIENTES Molho de tomate 2 latas de tomate pelado em cubos (com o líquido)½ cebola3 ramos de manjericão¼ de xícara (chá) de azeite1 ½ colher (chá) de salpimenta-do-reino moída na hora a gosto Nhoques 3 xícaras (chá) de ricota (450 g)½ xícara (chá) de farinha de trigo½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado fino2 ovosraspas […]
  • SBB lança Bíblia completa em quadrinhos
    A Bíblia Kingstone, a mais completa adaptação gráfica do Livro Sagrado já publicada, está chegando ao Brasil, fruto de uma parceria entre a Sociedade Bíblica do Brasil e a Editora 100% Cristão. Em três volumes, a obra apresenta os 66 livros da Bíblia – de Gênesis a Apocalipse – ilustrados em quadrinhos e em ordem […]
  • É pra rir ou pra chorar?
    Defendo a liberdade de expressão. Afinal, a liberdade que quero para mim, quero também para o outro. Porém, quero liberdade igual, que seja medida com a mesma régua, cujas regras sejam claras e não mudem ao sabor do vento. Portanto, se usufruo de tal liberdade posso falar, fazer, criticar, opinar, zoar, enfim, posso me expressar […]